O que é Logística 4.0? Guia Completo

PUBLICADO POR:

Giovanna CipulloGiovanna Cipullo

ATUALIZADO EM:

12 de Junho de 2024

Imagine um mundo onde os processos logísticos são automatizados, integrados e controlados em tempo real. É como se a sua empresa tivesse um assistente virtual superinteligente, que sabe exatamente onde cada produto está, qual a melhor rota para entrega e até mesmo quando um problema pode surgir. 

Esse é o conceito trazido pela quarta revolução logística e tudo isso é possível graças a tecnologias como Internet das Coisas (IoT),Big Data, Computação em Nuvem e Inteligência Artificial. Continue a leitura para se aprofundar no tema!

O que é a Logística 4.0?

A Logística 4.0 é a aplicação das tecnologias da Indústria 4.0 na gestão da cadeia de suprimentos e operações logísticas. Dessa forma, esse conceito integra tecnologias avançadas como Internet das Coisas (IoT),Inteligência Artificial (IA),Big Data, Blockchain, e automação para otimizar e inovar os processos logísticos. 

Diferentemente das práticas tradicionais, que muitas vezes são baseadas em processos manuais e sistemas fragmentados, a Logística 4.0 promove uma abordagem interconectada e inteligente, permitindo uma visibilidade em tempo real e uma maior eficiência operacional.

💡 Leia aqui um Guia Completo sobre Gestão Logística

Importância da Logística 4.0

A Logística 4.0 é crucial no contexto atual devido à crescente complexidade e dinamicidade das cadeias de suprimentos globais. Com o aumento das expectativas dos consumidores por entregas rápidas e precisas, as empresas precisam ser mais ágeis e adaptáveis. Dessa forma, as vantagens da Logística 4.0 incluem:

  • Eficiência operacional: A automação e a integração de sistemas reduzem os tempos de ciclo e minimizam erros humanos.
  • Transparência e rastreabilidade: A visibilidade em tempo real de produtos e processos melhora a gestão e o controle da cadeia de suprimentos.
  • Redução de custos: A otimização de rotas, a manutenção preditiva e a gestão eficiente de estoques reduzem os custos operacionais.
  • Sustentabilidade: A utilização de tecnologias para otimizar recursos contribui para práticas mais sustentáveis e reduz o impacto ambiental.

Sendo assim, se você é da área logística ou está ingressando nesse mundo, entender os conceitos de Logística 4.0 é fundamental para te posicionar bem no mercado.

Evolução da Logística

fases da logistica

Muito se fala em Indústria 4.0, mas esse não foi o único setor que passou por mudanças com o surgimento das novas tecnologias. 

A logística também tem evoluído significativamente ao longo das décadas, acompanhando os avanços tecnológicos e as mudanças nas demandas do mercado. Cada fase dessa evolução foi marcada por avanços tecnológicos e metodológicos que transformaram significativamente as operações:

  • Logística 1.0: A era inicial da logística se concentrou na movimentação manual de produtos e no uso de documentos em papel para o gerenciamento de estoques e pedidos.
  • Logística 2.0: A introdução de equipamentos mecanizados, como empilhadeiras, e os primeiros sistemas informatizados para gestão de armazéns (WMS), melhoraram a eficiência operacional.
  • Logística 3.0: A implementação de sistemas de ERP e outras tecnologias de comunicação possibilitaram uma melhor coordenação entre diferentes partes da cadeia de suprimentos, facilitando o planejamento e a execução de operações mais complexas.
  • Logística 4.0: A atual fase é caracterizada pela digitalização completa e pela automação dos processos logísticos. Tecnologias como IoT permitem o monitoramento em tempo real de ativos, enquanto a IA e o Big Data proporcionam insights para a tomada de decisões mais informada. O blockchain garante a segurança e a rastreabilidade das transações, e a robótica e automação melhoram a eficiência e reduzem custos operacionais.

A Logística 4.0, portanto, representa um salto significativo na forma como as cadeias de suprimentos são gerenciadas, oferecendo um nível de eficiência, precisão e inovação sem precedentes.

Características da Logística 4.0

As características principais da Logística 4.0 incluem a automatização de processos, a integração de todos os setores da cadeia de suprimentos, a utilização de Inteligência Artificial (IA) e Big Data para análise e tomada de decisões, a implementação da Internet das Coisas (IoT) para monitoramento em tempo real, a adoção da computação em nuvem, o uso potencial da Realidade Aumentada (RA) e a introdução da robótica nas operações logísticas.

Entenda cada uma delas afundo:

Automatização

A Logística 4.0 se caracteriza pela automação de processos. Isso significa que muitas das tarefas anteriormente realizadas manualmente são agora realizadas por máquinas ou software. Isso inclui coisas como o rastreamento de remessas, a programação de rotas de entrega e o gerenciamento de inventário. A automatização não só aumenta a eficiência, mas também reduz a margem de erro.

Integração

Outra característica chave da Logística 4.0 é a integração. Em vez de operar em silos, todos os aspectos da cadeia de suprimentos estão conectados e funcionam em conjunto. Isso permite uma visão holística da cadeia de suprimentos, facilitando a identificação e solução de problemas.

Inteligência Artificial (IA)

A IA é usada para analisar grandes volumes de dados e fornecer insights valiosos. Isso pode ajudar as empresas a prever tendências, identificar problemas antes que eles ocorram e tomar decisões mais informadas.

Big Data

A Logística 4.0 também se beneficia do uso de Big Data. Ao coletar e analisar grandes volumes de dados, as empresas podem identificar padrões e tendências que podem ajudá-las a otimizar seus processos logísticos.

Internet das Coisas (IoT)

A IoT é outra tecnologia que está no coração da Logística 4.0. Ela permite que dispositivos e máquinas se comuniquem entre si, proporcionando um nível sem precedentes de visibilidade e controle sobre a cadeia de suprimentos.

Computação em Nuvem

A Logística 4.0 também se beneficia do uso da computação em nuvem. Isso permite que as empresas armazenem e acessem grandes volumes de dados de qualquer lugar, facilitando a colaboração e a tomada de decisões.

Realidade Aumentada (RA)

Embora ainda esteja em seus estágios iniciais, a RA tem o potencial de transformar a Logística 4.0. Ela pode ser usada para ajudar na formação de trabalhadores, na visualização de dados e na melhoria da eficiência das operações.

Robótica

A robótica é outra tecnologia que está desempenhando um papel cada vez mais importante na Logística 4.0. Ela pode ser usada para automatizar uma variedade de tarefas, desde a movimentação de mercadorias em um armazém até a entrega de pacotes.

Objetivos da Logística 4.0

  1. Aumentar a produtividade: Automatizar tarefas para que tudo funcione como um relógio suíço.
  2. Reduzir custos: Menos desperdício de tempo, material e mão de obra.
  3. Melhorar a experiência do cliente: Entregas mais rápidas, precisas e personalizadas.
  4. Aumento da visibilidade: Rastreamento em tempo real para total transparência da cadeia de suprimentos.
  5. Sustentabilidade: Práticas ecológicas e sustentáveis para um futuro mais verde.
  6. Inovação: Adoção de novas tecnologias e processos para manter-se à frente da concorrência.

Como aplicar a Logística 4.0 na prática

1. Digitalização

O primeiro passo para a implementação da Logística 4.0 é a digitalização. Então, isso significa transformar todas as informações e processos físicos em formatos digitais.

Dessa forma, a digitalização permitirá o acesso fácil e rápido a informações, a colaboração entre diferentes departamentos e a análise de dados. Por exemplo, a Walmart implementou a digitalização em suas operações, permitindo um gerenciamento de inventário mais eficiente e uma melhor experiência do cliente.

2. Automatização de Processos

Comece identificando áreas da sua operação logística que podem ser automatizadas. Por exemplo, a Amazon utiliza robôs em seus armazéns para buscar produtos e prepará-los para o envio, aumentando a eficiência e reduzindo erros.

3. Adoção de Inteligência Artificial

A IA pode ser usada para analisar dados e prever tendências. A UPS, por exemplo, usa IA para otimizar as rotas de entrega, economizando milhões de litros de combustível por ano.

4. Utilização de Big Data

Use Big Data para analisar informações e tomar decisões mais informadas. A DHL usa Big Data para prever a demanda e gerenciar o inventário de forma mais eficaz, por exemplo.

5. Implementação de IoT

A Internet das Coisas permite rastrear produtos em tempo real. A Maersk, uma grande empresa de transporte e logística, usa IoT para monitorar a localização e a condição de seus contêineres em todo o mundo.

6. Computação em Nuvem

Use a computação em nuvem para armazenar e acessar dados de qualquer lugar. A FedEx usa a computação em nuvem para rastrear pacotes em tempo real e fornecer atualizações aos clientes.

7. Foco na Sustentabilidade

Procure maneiras de tornar suas operações mais ecológicas. A IKEA, por exemplo, está trabalhando para se tornar “climaticamente positiva”, reduzindo mais emissões de gases de efeito estufa do que produz.

8. Inovação Contínua

Esteja sempre à procura de novas tecnologias e processos que possam melhorar suas operações logísticas. A Tesla, por exemplo, está explorando o uso de caminhões elétricos para reduzir as emissões de suas operações de entrega.

Em resumo, a aplicação da Logística 4.0 envolve a adoção de tecnologias avançadas e a busca constante por eficiência, precisão e inovação. As empresas que adotam essas estratégias estão bem posicionadas para se destacar em um mercado cada vez mais competitivo.

Por fim, se você ainda está com dificuldades de visualizar essas tecnologias na prática da rotina logística, separamos um vídeo mais ilustrativo para te explicar:

Desafios da Logística 4.0 no Brasil

Embora a Logística 4.0 prometa muitos benefícios, também existem vários desafios que as empresas brasileiras podem enfrentar ao tentar implementá-la. Por isso, é importante entender o cenário geral antes de iniciar o processo de implementação da quarta evolução logística. 

  • Infraestrutura de Tecnologia: A implementação da Logística 4.0 requer uma infraestrutura tecnológica robusta. No entanto, muitas áreas do Brasil ainda carecem de acesso confiável à internet e outras tecnologias necessárias.
  • Custo de Implementação: A adoção de novas tecnologias pode ser cara. Ou seja, pode ser um obstáculo significativo para pequenas e médias empresas que podem não ter o capital necessário para investir em novas tecnologias.
  • Formação e Educação: A Logística 4.0 requer novas habilidades e conhecimentos. Isso significa que as empresas precisam investir em formação e educação para garantir que seus funcionários possam utilizar efetivamente as novas tecnologias.
  • Segurança de Dados: Com a crescente digitalização, a segurança dos dados se torna uma preocupação cada vez maior. As empresas precisam garantir que têm medidas robustas de segurança de dados em vigor para proteger as informações sensíveis.
  • Regulamentação: As empresas precisam garantir que estão em conformidade com todas as leis e regulamentos relevantes, o que pode ser particularmente desafiador no contexto de tecnologias emergentes.
  • Cultura Organizacional:. É preciso garantir que seus funcionários estejam abertos à mudança e dispostos a adotar novas maneiras de trabalhar para que a logística 4.0 funcione naturalmente como uma cultura organizacional.

KORP ERP: A tecnologia que falta para impulsionar sua Logística 4.0

Implementar tecnologias avançadas não é apenas uma questão de modernização, mas uma necessidade para garantir eficiência operacional, redução de custos, sustentabilidade, e uma experiência superior para o cliente.

Além disso, se você busca competitividade de mercado, é crucial contar com um sistema de gestão alinhado com esses conceitos avançados. 

O KORP ERP é um sistema de gestão especializado em indústria e distribuição, com mais de 25 anos de experiência em tecnologia. O KORP ERP foi desenvolvido para suportar e potencializar a Logística 4.0, fornecendo as ferramentas necessárias para integrar, automatizar e otimizar todos os processos logísticos. 

Sendo assim, empresas de distribuição que buscam evoluir para a Logística 4.0 precisam de um parceiro tecnológico que acompanhe esse crescimento e ofereça soluções robustas e inovadoras. Esse é o propósito do KORP ERP: fornecer um sistema de gestão que não apenas suporta, mas também impulsiona a transformação digital na logística.

Conheça um pouco do KORP WMS, um Sistema de Gestão de Armazéns robustos para distribuidoras que querem estreitar os laços com a tecnologia:

Se você quer que sua empresa esteja equipada para enfrentar os desafios da Logística 4.0, sempre pronta para se adaptar às novas demandas e aproveitar as oportunidades de um mercado em constante evolução, o KORP ERP pode te auxiliar! 

Clique aqui para falar com um especialista e agende uma demonstração completa e gratuita. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
Formada em Jornalismo e pós-graduada em Assessoria de Imprensa, Gestão de Comunicação e Marketing, atua como coordenadora de marketing na Viasoft Korp.

ARTIGOS RELACIONADOS

Logística 5.0: O que é e como funciona?

10 de julho de 2024

Continuar lendo

O que é Logística Reversa, como funciona e exemplos

27 de maio de 2024

Continuar lendo