Rota de entrega: aprenda a fazer de forma eficiente

PUBLICADO POR:

Letícia GuimarãesLetícia Guimarães

PUBLICADO EM:

18 de abril de 2023

A rota de entrega é uma sequência de locais a serem visitados pelo veículo de transporte para realizar a entrega de mercadorias. Portanto, ela é composta por endereços de clientes, pontos de venda ou depósitos, e é otimizada para minimizar o tempo e o custo do transporte.

Sendo uma das etapas mais importantes da logística, a rota de entrega precisa ser assertiva, otimizada e eficiente para garantir o sucesso do processo de distribuição e, principalmente, a satisfação do cliente que receberá seu pedido sem imprevistos. 

Um erro comum é acreditar que priorizar a otimização da rota de entrega só faz sentido para grandes empresas, enquanto na verdade esse é um processo fundamental para qualquer negócio que faça algum tipo de entrega, seja ele de pequeno, médio ou grande porte. 

Mas, de fato, existem dois segmentos que precisam olhar para esse fator com ainda mais atenção, são eles as distribuidoras e e-commerces. Neste artigo, mostraremos como você pode planejar a rota de entrega de forma eficiente. Vamos lá?

Rotas de entrega para distribuidoras

No caso das distribuidoras, é óbvio que a performance do processo de rota de entregas precisa ser maximizada. Afinal, este é um segmento que vive fundamentalmente da eficácia das suas entregas. 

Garantir que a rota de entrega esteja funcionando de forma organizada, rápida e eficiente é uma necessidade, e a otimização das rotas precisa ser uma prioridade absoluta neste tipo de negócio. 

Mas se você ainda não está convencido de que a otimização da rota de entrega para distribuidoras precisa ser um objetivo primário, confira alguns motivos que provam o contrário: 

  • Redução de custos: Distribuidoras geralmente possuem uma grande quantidade de clientes para atender e muitas rotas a percorrer. Desse modo, com uma rota de entrega otimizada, a distribuidora pode reduzir seus custos operacionais, tais como combustível, manutenção dos veículos e mão de obra.
  • Melhoria no atendimento ao cliente: Uma rota de entrega bem otimizada pode levar a entregas mais rápidas e eficientes, o que pode melhorar o atendimento ao cliente e a satisfação com a empresa.
  • Aumento da capacidade de entrega: Com uma rota de entrega otimizada, a distribuidora pode aumentar a sua capacidade de entrega, permitindo que mais clientes sejam atendidos em menos tempo.
  • Maior flexibilidade: Uma rota de entrega otimizada pode tornar a distribuidora mais flexível. Dessa forma, isso permite que ela atenda às demandas dos clientes de forma mais eficiente e adaptável.
  • Otimização de estoques: Com uma rota de entrega otimizada, a distribuidora pode planejar melhor os seus estoques, garantindo que os produtos sejam entregues no momento certo, evitando a falta ou excesso de mercadorias em seu estoque.

Rotas de entrega para e-commerces

rota-de-entrega

 

Em e-commerces, costuma-se priorizar a atração e convencimento para que o cliente compre, mas é um erro acreditar que o processo de vendas acaba a partir do momento que o consumidor finaliza sua compra.

O cliente que faz compras pela internet preza o conforto, facilidade e rapidez que esse meio oferece. Ele certamente não ficará satisfeito em fazer uma compra online e esperar semanas para recebê-lo. 

Desde a pandemia de COVID-19, essa exigência dos consumidores que realizam compras online ficou ainda maior. Então, confira alguns estudos realizados sobre esse assunto:

  1. Segundo um relatório da Adobe, as compras online nos EUA aumentaram em 42% em relação ao ano anterior durante o período de férias de 2020.
  2. De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa de pesquisa de mercado McKinsey, em junho de 2020, cerca de três quartos dos consumidores nos EUA e Reino Unido mudaram seus hábitos de compra devido à pandemia. Desse modo, o mesmo estudo afirma que 60% dos consumidores afirmaram que fizeram mais compras online do que antes da pandemia.
  3. No Brasil, o comércio online cresceu 68% em 2020, segundo dados da Ebit|Nielsen.

Além disso, inúmeras pesquisas reafirmam a importância que o consumidor dá para o prazo de entrega ao fazer compras online. 

  • Cerca de 60% dos consumidores nos EUA e Reino Unido afirmaram que a velocidade da entrega era o fator mais importante em suas compras online (McKinsey, 2020).
  • 96% dos consumidores afirmaram que a velocidade da entrega é um fator importante em suas compras online (MetaPack, 2019).
  • 55% dos consumidores afirmaram que esperam que suas entregas cheguem em dois dias ou menos, enquanto 37% esperam que as entregas cheguem em um dia ou menos (Last Mile Delivery Challenge, Capgemini).
  • Cerca de 25% dos consumidores estão dispostos a pagar mais por entrega rápida (PwC, 2018).

13 dicas sobre como otimizar a rota de entrega

rota-de-entrega-dicas

 

Agora que você já entendeu o que é rota de entrega e qual a sua importância na logística, preparamos 13 dicas para você começar a botar a otimização em prática. Confira: 

  1. Utilize software de roteirização

Essa, sem dúvidas, é a dica principal. A tecnologia de roteirização pode ajudar a otimizar as rotas de entrega, considerando fatores como distância, tempo de entrega, tráfego e outras variáveis.

Sem um sistema para te ajudar nisso, ficará muito mais difícil de planejar a rota, além de aumentar significativamente a chance de erros. 

2. Considere o tráfego e horário de pico: 

Evite horários de pico e rotas congestionadas para reduzir o tempo de entrega e melhorar a eficiência.

3. Agrupe entregas em regiões próximas: 

Agrupar as entregas em regiões próximas pode reduzir a distância percorrida e economizar tempo e recursos.

4. Considere a capacidade dos veículos: 

Otimize a capacidade dos veículos, evitando viagens desnecessárias e minimizando o número de veículos necessários para realizar as entregas.

5. Ajuste as rotas periodicamente: 

Faça ajustes nas rotas diariamente ou semanalmente, considerando as entregas agendadas e imprevistos.

6. Padronize os procedimentos: 

Estabeleça procedimentos padronizados para as entregas, incluindo o uso de equipamentos de proteção individual, protocolos de segurança e procedimentos de entrega.

7. Treine a equipe de entregas: 

Forneça treinamento para a equipe de entregas, incluindo técnicas de direção segura, atendimento ao cliente e gestão de imprevistos.

8. Utilize veículos adequados: 

Escolha veículos adequados para cada tipo de entrega, levando em consideração o tamanho, peso e volume das mercadorias.

9. Considere a ordem das entregas: 

Tente organizar as entregas de forma a minimizar a distância total percorrida e evitar viagens desnecessárias.

10. Identifique rotas alternativas: 

Use um software de roteirização para identificar rotas alternativas que possam ser mais eficientes.

11. Utilize a tecnologia de rastreamento de GPS: 

Isso pode ajudar a monitorar o progresso das entregas em tempo real e identificar atrasos ou problemas na rota.

12. Analise os dados de entregas anteriores: 

Isso pode ajudar a identificar padrões e tendências que podem ser usados para otimizar as rotas de entrega.

13. Considere a sazonalidade: 

A demanda por entregas pode variar ao longo do ano, por isso é importante considerar a sazonalidade ao planejar as rotas de entrega.

14. Conte sempre com imprevistos: 

Durante uma rota de entrega pneus podem furar, acidentes podem acontecer, o veículo pode passar por algum problema mecânico ou qualquer outro tipo de imprevisto pode se tornar realidade.

Neste caso, a melhor forma para diminuir os danos causados, é já ter uma previsão de cenário e um roteiro a se seguir caso algo venha a acontecer. Portanto, imprevistos só serão grandes problemas se você não estiver preparado para eles.

Por isso, sempre tenha em mente que algo pode acontecer no caminho. No caso de pneus furados ou problemas mecânicos, por exemplo, já ter uma oficina/borracharia de confiança pode ser uma boa ideia. Sempre pense em planos alternativos caso o roteiro original sofra alterações.

15. Calcule o gasto de combustível: 

Esse ponto é essencial para que você cobre um preço justo pelo frete da entrega e com uma margem de lucro adequada.

Para isso, você vai precisar saber qual o gasto do veículo de transporte para entender quantos quilômetros ele percorre com um litro de combustível.

O cálculo é simples: divida o valor médio do combustível pelo consumo médio do veículo. O resultado será o seu gasto para a rota em questão.

Ex.:
O litro do combustível está a R$6,50 e o veículo roda 10km/litro, então seu gasto é de R$0,65 para cada quilômetro rodado.

Logo, caso sua rota de entrega para um pedido seja de 45km, por exemplo, seu gasto será de R$29,25. 

Sistemas de roteirização

Sistemas de roteirização logística são ferramentas que ajudam empresas a otimizar a gestão de suas operações de transporte e distribuição. Esses sistemas utilizam algoritmos matemáticos e tecnologias de geolocalização para determinar as melhores rotas para veículos de transporte, considerando vários fatores.

Com eles, além de ser possível traçar a rota de entrega ideal, sua empresa ainda fica muito menos suscetível a possíveis erros. Então, confira algumas das possibilidades oferecidas por um sistema de roteirização:

  • Traça rotas inteligentes pensando no melhor caminho possível;
  • Leva o trânsito em consideração;
  • Considera possíveis restrições no trajeto;
  • Organiza em ordem de prioridades de entrega;
  • Considera taxas de pedágio;
  • Considera a disponibilidade de horário dos destinatários e a jornada de trabalho dos entregadores/motoristas.

Conclusão

Você provavelmente já entendeu que as rotas de entrega são um processo muito importante para a logística de uma empresa. Ter a segurança de que as rotas estão alinhadas com o melhor cenário possível resulta em uma série de benefícios não só para a empresa, como para o cliente

Para garantir que tudo isso seja feito em sintonia e de forma cada vez mais otimizada, você pode contar com um sistema de roteirização, que é a ferramenta ideal para empresas que buscam melhorar significativamente seus processos de entrega.

Mas além disso, também existem uma série de pontos que você precisa se atentar para garantir a rota de entrega ideal. Alguns desses pontos podem ser levados em consideração pelo próprio sistema de roteirização que conta com inteligência suficiente para isso. Entretanto, a gestão eficiente que olhe para todos os detalhes também é um requisito essencial para que tudo ocorra como planejado.

Um bom sistema de roteirização aliado a uma gestão estratégica e com visão panorâmica da logística do negócio certamente será uma fórmula de sucesso. 

Para continuar aprendendo sobre logística, leia o blog Korp:

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
Letícia Guimarães é professora, publicitária e mestre em Comunicação (UFPR).

ARTIGOS RELACIONADOS

Gestão logística: guia completo

04 de dezembro de 2023

Continuar lendo

RFID: o que é essa tecnologia?

30 de novembro de 2023

Continuar lendo