Ponto de ressuprimento: o que é e como aplicar

PUBLICADO POR:

Letícia GuimarãesLetícia Guimarães

ATUALIZADO EM:

26 de Junho de 2023

O ponto de ressuprimento é um conhecimento importante para todo profissional que trabalha com estoque. Afinal, para garantir a satisfação do cliente, é necessário ter um estoque organizado para a chegada de novos pedidos.

Para processos bem-sucedidos na área de estoque, é necessário realizar a gestão de modo que nunca faltem produtos, mas também não haja produtos encalhados que prejudicam o lucro da empresa. Por isso, conhecer as melhores técnicas faz diferença na eficiência da sua indústria.

No artigo, vamos explicar o que é o ponto de ressuprimento, assim como as vantagens de aplicá-lo na sua indústria. Continue a leitura!

O que é ponto de ressuprimento?

O conceito de ponto de ressuprimento se baseia na necessidade de reabastecer o estoque, ou seja, é a mínima quantidade que podemos ter até que seja necessário fazer um novo pedido de produção. Desse modo, dominar o ressuprimento ajuda a saber qual é a hora certa de comprar e/ou produzir novamente.

Sendo assim, este é um fator para estar atento na hora de realizar o controle de estoque. Veja algumas vantagens de calcular e aplicar o ponto de ressuprimento:

  • Evita-se surpresas quanto à falta de produtos;
  • Melhora a gestão do fluxo de caixa, pois você prever quando e quanto insumo precisa comprar;
  • Aumenta a satisfação do cliente, ajudando na sua fidelização;
  • Reduz a busca pela concorrência, uma vez que o cliente sempre vai encontrar o seu produto;
  • Facilita a estabilização dos preços, devido ao planejamento de recursos;
  • Reduz problemas com produtos fora da validade, quando for o caso.

Cada produto possui o seu ponto de ressuprimento. Por isso, é necessário calcular cada um separadamente, considerando os históricos de consumo e datas sazonais. Outro fator importante é a logística do negócio e a entrega ao cliente, que precisa passar por análise.

Toda empresa que cuida do seu controle de estoque pode usufruir desses benefícios. Por isso, saiba também os princípios da gestão de estoque!

O que é gestão do estoque?

ponto-de-ressuprimento

 

O controle de estoque se refere a um conjunto de ações que visam manter um bom funcionamento dos processos que integram o estoque. Dessa forma, envolve planejamento e organização de suprimentos, recursos, estoque disponível, previsão de demandas e outros fatores.

O seu maior desafio é garantir o giro de estoque. Este conceito garante o atendimento da demanda de mercado sem que faltem produtos ou que haja excesso desnecessário. Sendo assim, trata-se de um elemento essencial para a lucratividade do negócio.

Aprenda mais sobre a gestão do estoque em outro artigo do blog Korp:

Como calcular o ponto de ressuprimento?

Para calcular o ponto de ressuprimento dos itens do seu inventário de estoque, você precisa levar em consideração os seguintes fatores:

  • Tempo entre cada compra (T);
  • Demanda do produto (D);
  • Estoque de segurança (ES).

O item “estoque de segurança” varia também de acordo com cada item e representa a quantidade de um artigo que você precisa ter caso ocorra uma emergência ou problema com o seu fornecimento. Dessa forma, é só seguir a seguinte forma:

D x T + ES = Ponto de Ressuprimento

Portanto, o resultado será a quantidade de produto que você deve ter no momento de reabastecê-lo.

É claro que cada tipo de estoque possui as suas exceções, como as datas sazonais, que demonstram períodos de maior procura do público. Nesse caso, você pode somar a porcentagem que vendeu a mais no ano anterior para entender qual deve ser o estoque mínimo do produto.

Qual é a importância do ponto de ressuprimento na indústria?

Na indústria, é fundamental saber o ponto de ressuprimento para que não falte matéria-prima durante a produção. Afinal, quando chegam os pedidos, a linha de produção precisa ter um ritmo adequado para cumprir os prazos com o cliente.

Sem saber o ponto de ressuprimento, corre-se o risco de não cumprir prazos e deteriorar o relacionamento com o cliente. Desse modo, aplicar a fórmula é uma atividade estratégica que garante mais assertividade no negócio.

Por isso, é importante contar com tecnologias que ajudem a administrar todas as etapas da produção. À medida que o negócio cresce, as planilhas já não vão ser suficientes para gerenciar os processos da indústria.

Você precisa ter precisão a respeito dos seus produtos para garantir a produtividade. Portanto, conte com um sistema de gestão especializado para centralizar os dados do seu negócio em um único lugar e fazer análises em tempo real.

Como simplificar a gestão de estoque com um ERP?

Com uma variedade de produtos para gerir, pode parecer complicado manter informações atualizadas a todo instante. Porém, esse problema se resolve facilmente integrando os dados do seu estoque a um ERP (Enterprise Resource Planning).

O ERP é uma solução tecnológica que facilita a gestão estratégica e operacional da organização. Desse modo, propicia o controle completo das informações, gerenciando dados e automatizando processos que agilizam a tomada de decisões.

Ele permite a visão sistêmica do negócio, conferindo poder de controle nas rotinas organizacionais, otimizando o trabalho dos gestores da empresa.

O Viasoft Korp ERP tem o seu cerne na indústria e conta com várias ferramentas específicas para a gestão de estoque. Conheça algumas delas!

MRP

O MRP I realiza o planejamento das necessidades de produção, a partir da carteira de pedidos do comercial. Sendo assim, a solução indica os insumos necessários para atender a demanda. Ele gera ordens de produção, pedidos de compra, calcula o estoque mínimo, entre outras configurações possíveis.

O MRP II, por sua vez, faz o planejamento dos recursos, complementando o MRP I. Desse modo, realiza análises de cargas horárias para atender as demandas e simula produtos acabados nas revisões de engenharia, assim como o cálculo de custos.

WMS

O WMS garante que toda a cadeia produtiva seja eficiente, do back office ao chão de fábrica e à logística. Dessa forma, sua empresa pode gerir múltiplos depósitos e delimitar especificações para agilizar os processos de separação, formação dos volumes e emissão das etiquetas. Conheça o WMS no vídeo abaixo:

Portanto, investir em um ERP pode impulsionar a produtividade do seu negócio. Quer saber mais sobre essa solução?

Conheça todos os módulos do Viasoft Korp ERP!

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
Letícia Guimarães é professora, publicitária e mestre em Comunicação (UFPR).

ARTIGOS RELACIONADOS

Metodologia Scrum: Guia Completo

18 de junho de 2024

Continuar lendo

PODC: o que é e como aplicar

10 de junho de 2024

Continuar lendo