ISO 14001: saiba tudo sobre a norma!

PUBLICADO POR:

Giovanna CipulloGiovanna Cipullo

PUBLICADO EM:

22 de março de 2023

A norma ISO 14001 apresenta diretrizes para a construção de um sistema de gestão ambiental em organizações. Sendo assim, é de extrema relevância para o atual contexto de mercado, em que as empresas precisam correr atrás de maneiras de minimizar os danos ao meio ambiente.

Afinal, uma empresa que presta atenção à qualidade nos seus processos sempre vai se atualizar às atuais exigências do mercado. Para ajudar você e a sua equipe, preparamos um guia completo sobre a norma, sua atualização e como implementá-la na sua organização. Vamos lá?

O que é ISO 14001?

A norma ISO 14001 é um padrão internacional que estabelece os requisitos para um sistema de gestão ambiental (SGA) efetivo. 

Ela foi desenvolvida pela Organização Internacional de Normalização (ISO) e publicada em 1996. Desde então, tem sido atualizada e revisada periodicamente para manter-se relevante e atualizada com as melhores práticas de gestão ambiental.

Sendo assim, o objetivo da norma ISO 14001 é ajudar as organizações a identificar e gerenciar seus impactos ambientais e melhorar o desempenho ambiental em toda a sua cadeia de valor. 

De acordo com a norma, o sistema de gestão ambiental varia de uma organização para a outra. Algumas diferenças vão depender do porte, tipo de organização, complexidade dos processos, competência da equipe, entre outras. Os documentos que envolvem a adaptação à norma podem ser:

  • organogramas;
  • organização de objetivos e metas;
  • declarações das políticas da empresa;
  • informes sobre aspectos ambientais relevantes;
  • normas internas e externas;
  • planos de ação para emergências, entre outros.

O que mudou na ISO 14001:2015?

Novos fatores surgem na ISO 14001:2015, como a preocupação com a cadeia de valor e o seu ciclo de vida. Um benefício da nova versão é o possível aumento nos lucros de uma organização, devido ao enfoque na redução de recursos e gastos com desperdícios na operação. Vamos analisar algumas dessas novidades na norma?

Estrutura de Alto Nível (Anexo SL)

Assim como outras normas, a ISO 14001 adotou a Estrutura de Alto Nível. Ela trata do princípio de que todas as normas de sistema de gestão precisam compartilhar uma base em comum, para melhorar as suas compatibilidades pelo menos pelos próximos 10 anos.

Gestão ambiental estratégica

A liderança também ganha relevância nesta versão da norma. Desse modo, é necessário que a alta liderança de uma organização se envolva no plano de execução do SGA. Para que as ações sejam efetivas, os itens sugerem e propõem a atuação próxima da gestão para o alcance de maior eficiência.

Direcionamento estratégico

Outro ponto é a valorização de práticas empresariais mais modernas. Por meio dos tópicos “Entendendo a organização e seu contexto” e “Entendendo as necessidades e expectativas das partes interessadas”, a norma enfatiza o uso de técnicas como análise SWOT e canvas para alinhar as diretrizes estratégicas de um negócio.

Desenvolvimento sustentável

Outra mudança é o foco principal na melhoria do desenvolvimento sustentável e não na melhoria do sistema de gestão em si. Desse modo, importa a análise das reduções de emissões de resíduos, efluentes e outros compostos que prejudicam o meio ambiente. A preocupação com aspectos ambientais deve aparecer em todo o ciclo de vida do produto.

Linguagem assertiva

Os documentos da organização também precisam ter uma linguagem simples, a fim de que todas possam interpretar os requisitos do sistema de gestão. Sendo assim, os documentos e controle de registros passam a ser considerados Informação Documentada, para garantir agilidade e eficiência nas informações da empresa.

O que é gestão ambiental e qual é a importância da ISO 14001?

iso-14001-ambiente

A gestão ambiental é uma preocupação crescente para as empresas em todo o mundo. Além de cumprir as regulamentações ambientais, as empresas precisam demonstrar seu compromisso com a proteção ambiental para satisfazer as expectativas dos clientes e da sociedade em geral. Uma das melhores maneiras de fazer isso é através da implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) em conformidade com a norma.

De acordo com a norma ISO 14001, como é definida a política ambiental?

A norma ISO 14001 caracteriza a política ambiental como um documento que explicita a posição da empresa no que diz respeito à preservação ambiental e à sustentabilidade. A elaboração da política ambiental é de responsabilidade da alta administração da empresa, devendo ser adequada às características, dimensão e impactos ambientais das atividades, produtos ou serviços, em conformidade com as leis e regulamentações ambientais vigentes. 

Adicionalmente, a política ambiental deve estabelecer metas e objetivos ambientais claros, atribuir responsabilidades e autoridades para a gestão ambiental, e ser comunicada e disponibilizada a todos os colaboradores e partes interessadas pertinentes. Essa política representa um dos requisitos fundamentais da norma ISO 14001 e requer revisão e atualização periódica para assegurar sua contínua adequação e eficácia.

Desse modo, a norma ISO 14001 é aplicável a todos os tipos de organizações, independentemente de seu tamanho, setor ou localização geográfica. Ela também pode ser integrada a outros sistemas de gestão, como a norma ISO 9001 de gestão da qualidade.

A certificação não é obrigatória, mas muitas empresas escolhem buscar essa certificação para demonstrar seu compromisso com a gestão ambiental responsável e ganhar vantagem competitiva. Portanto, a certificação é concedida por organismos de certificação independentes após uma auditoria completa do sistema de gestão ambiental da organização.

Por isso, além de colaborar com o meio ambiente, sua implantação também pode resultar em diversos benefícios para a empresa. Confira!

Redução de custos

A implementação de um SGA efetivo pode ajudar a reduzir custos associados à gestão ambiental, tais como despesas de energia e água, gerenciamento de resíduos e multas por não conformidade com regulamentações ambientais.

Vantagem competitiva

A certificação ISO 14001 pode ajudar a empresa a se destacar em um mercado competitivo, demonstrando seu compromisso com a gestão ambiental responsável.

Maior conformidade regulatória

A implementação de um SGA em conformidade com a norma ISO 14001 ajuda a garantir que a empresa esteja em conformidade com as regulamentações ambientais aplicáveis.

Melhoria na reputação da empresa

A certificação ISO 14001 pode melhorar a imagem da empresa, aumentando a confiança dos clientes e partes interessadas.

Melhoria contínua

A implementação de um SGA em conformidade com a norma ISO 14001 promove a melhoria contínua do desempenho ambiental da empresa.

Como implementar a norma ISO 14001?

iso-14001-reciclagem.

 

A implementação da norma ISO 14001 pode parecer uma tarefa complexa, mas seguindo um processo estruturado, ela pode ser concluída com sucesso. Portanto, aqui está um guia passo a passo para implementar um SGA em conformidade com a norma ISO 14001:

  1. Identifique e analise seus impactos ambientais

A primeira etapa é identificar e analisar os impactos ambientais da empresa. Dessa forma, inclui avaliar as atividades, produtos e serviços da empresa e identificar quais impactos ambientais eles podem causar.

2. Estabeleça metas e objetivos

Com base na análise de impacto ambiental, estabeleça metas e objetivos para melhorar o desempenho ambiental da empresa. Certifique-se de que esses objetivos sejam mensuráveis e realistas.

3. Desenvolva um plano de ação

Com base nos objetivos estabelecidos, desenvolva um plano de ação para alcançá-los. Sendo assim, o plano de ação deve incluir atividades específicas, cronogramas e responsabilidades.

4. Implemente o plano de ação

Comece a implementar o plano de ação e certifique-se de que as atividades sejam executadas conforme planejado.

5. Monitore e meça o desempenho

Monitore e meça regularmente o desempenho ambiental da empresa. Desse modo, isso inclui coletar dados sobre o consumo de energia e água, gerenciamento de resíduos, emissões de gases de efeito estufa e outros indicadores relevantes. Além disso, use esses dados para avaliar o progresso em relação aos objetivos estabelecidos.

6. Corrija desvios e melhore continuamente 

Caso desvios sejam encontrados durante o monitoramento, implemente medidas corretivas para resolver o problema. Ademais, use os dados coletados para identificar áreas onde a empresa pode melhorar continuamente seu desempenho ambiental.

7. Prepare-se para a auditoria de certificação

Quando a empresa estiver pronta para a certificação, é importante preparar-se para a auditoria de certificação. Portanto, isso inclui revisar e documentar todos os processos do SGA e garantir que eles estejam em conformidade com a norma ISO 14001.

8. Busque a certificação

Finalmente, é hora de buscar a certificação ISO 14001. A certificação é realizada por organismos de certificação independentes que avaliam se o SGA da empresa está em conformidade com a norma ISO 14001.

Quem realiza a certificação ISO 14001 no Brasil?

A certificação ISO 14001 é conduzida por entidades certificadoras independentes, que atuam como terceiras partes neutras e imparciais. Essas entidades são credenciadas por órgãos de acreditação nacionais ou internacionais para assegurar que cumpram os requisitos técnicos e de qualidade necessários para conduzir o processo de certificação. 

Empresas que buscam obter a certificação ISO 14001 precisam contratar uma entidade certificadora credenciada, que realizará uma auditoria em seu sistema de gestão ambiental para verificar se estão em conformidade com todos os requisitos da norma. Caso a empresa seja considerada conforme à norma, a entidade certificadora emitirá um certificado de conformidade, válido geralmente por três anos e sujeito a auditorias de manutenção regulares.

A certificação ISO 14001 é uma decisão voluntária e não compulsória, mas oferece uma série de vantagens para as empresas, tais como aprimoramento do desempenho ambiental, atendimento às expectativas de clientes e partes interessadas, distinção em relação à concorrência, entre outros.

Como um ERP pode ajudar a implementar a ISO 14001?

Na hora de implementar as normas da ISO 14001, contar com um ERP (Enterprise Resource Planning) pode ser um grande facilitador e, em muitos momentos, até mesmo indispensável.

Desse modo, um sistema de gestão pode contribuir significativamente, pois pode ajudar as empresas a gerenciar seus dados ambientais e a tomar decisões mais informadas sobre o gerenciamento ambiental. Veja algumas das possibilidades oferecidas por um ERP!

Gerenciamento de dados ambientais

Um sistema ERP pode ajudar as empresas a coletar e gerenciar dados ambientais, incluindo dados de consumo de energia, água e matérias-primas, emissões de gases de efeito estufa, resíduos gerados e outros indicadores relevantes.

Logo, pode ajudar as empresas a monitorar seu desempenho ambiental e identificar pontos de melhoria.

Integração de processos

Integrar os processos do negócio é uma etapa importante para a organização e gestão da empresa no geral, incluindo processos relacionados à gestão ambiental, como compras, produção, transporte e gestão de resíduos.

Sendo assim, pode ajudar as empresas a garantir que todas as partes envolvidas na gestão ambiental estejam trabalhando juntas para alcançar os objetivos ambientais estabelecidos.

Automação de tarefas

Um sistema de gestão eficiente tem soluções que permitem automatização de tarefas relacionadas à gestão ambiental, como coleta de dados, análise de dados e relatórios.

Dessa forma, pode economizar tempo e recursos e permitir que as empresas tomem decisões mais informadas com base em dados precisos e atualizados.

Monitoramento de conformidade

Monitorar a conformidade regulatória em relação a questões ambientais, como emissões de poluentes e gestão de resíduos também é uma atribuição do ERP para auxiliar nesse processo.

É esse monitoramento que ajuda a garantir que a empresa estará em conformidade com leis e regulamentações ambientais, podendo inclusive evitar eventuais multas e penalidades.

Rastreabilidade de produtos

Rastreabilidade é sempre um critério importante para praticamente qualquer objetivo dentro de uma indústria. 

Ter controle da origem dos materiais utilizados na produção e monitorar seu ciclo de vida completo, incluindo descarte e reciclagem, auxilia as empresas a implementarem práticas de gestão ambiental mais sustentáveis, além de possibilitar a redução de impactos ambientais.

Conclusão

Como você pode ver, a adequação à ISO 14001 significa aderir às principais exigências contemporâneas do mercado. Com isso, a sua empresa colabora com o meio ambiente e, ainda, se destaca em relação aos principais concorrentes.

Além disso, um ERP facilita o trabalho de estar em conformidade com a norma. Ao centralizar as informações da sua empresa em um único lugar, você tem informações suficientes para tomar decisões ágeis e assertivas para o seu negócio.

Se você gostou deste conteúdo, continue lendo sobre a qualidade e a tecnologia na indústria no nosso blog!

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
Formada em Jornalismo e pós-graduada em Assessoria de Imprensa, Gestão de Comunicação e Marketing, atua como coordenadora de marketing na Viasoft Korp.

ARTIGOS RELACIONADOS

SIPOC: o que é e como utilizar na sua empresa

27 de setembro de 2023

Continuar lendo

Ciclo PDCA: entenda a metodologia

24 de agosto de 2023

Continuar lendo