O que é análise SWOT e como utilizá-la?

PUBLICADO POR:

Viasoft Korp ERPViasoft Korp ERP

PUBLICADO EM:

28 de janeiro de 2021

Aprender o que é análise SWOT ou FOFA vai te ajudar a entender todos os cenários antes de tirar seus planos do papel. Ela se trata de uma ferramenta popular do marketing que ajuda na tomada de decisões. 

Afinal, ao realizar um planejamento, precisamos garantir que ele tenha chances de sucesso. Para entender melhor o que é análise SWOT, pense no seguinte exemplo: você está em dúvida entre permanecer no emprego atual ou ir para uma nova oportunidade em outra cidade. Como tomar a decisão?

Para isso, pensamos nos pontos fortes e fracos de cada vaga ou, ainda, nas circunstâncias que podem nos favorecer na nossa ou na nova cidade. Portanto, o resultado dessa análise nos ajudaria a tomar a melhor decisão possível.

A diferença entre esse tipo de avaliação e a análise FOFA é que a última envolve o ambiente empresarial. A análise SWOT, tradicional da administração, tem como objetivo listar os pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças que afetam a empresa.A sigla SWOT vem do inglês e significa: Strengths (forças),Weaknesses (fraquezas),Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças). 

Um dos benefícios dessa análise é o apuramento rico em informações para que a indústria consiga organizar um plano de ação, a fim de minimizar os riscos e explorar as oportunidades futuras. Além disso, pode ser feita em pequenas, médias e grandes empresas. Por isso, vamos te ensinar o que ela é e como aplicá-la no seu negócio. Vamos lá?

O que é análise SWOT ou FOFA?

o-que-e-analise-swot

A matriz SWOT, conhecida em português como matriz FOFA, trata-se de um método de planejamento estratégico que avalia cenários para tomada de decisão.

Ela foi criada por Albert Humphrey, na Universidade de Stanford, na década de 1960. Enquanto estava lá, esse consultor empresarial liderou um projeto de pesquisa, analisando dados das 500 maiores empresas relatadas pela revista Fortune. O resultado da investigação foi a matriz tão conhecida hoje em dia. Desse modo, ela consiste no exame de quatro fatores:

  • Strenghs (forças);
  • Weaknesses (fraquezas);
  • Oportunities (oportunidades);
  • Threats (ameaças).

Sendo assim, as forças e fraquezas estão vinculadas à sua empresa. Por outro lado, as oportunidades e ameaças se referem a fatores externos, que estão fora do seu controle. Devido a isso, na análise SWOT ou FOFA, você considera o ambiente interno e o ambiente externo.

Você pode utilizar a matriz para uma série de objetivos, como a criação de um produto ou a gestão da empresa como um todo. Agora, vamos conhecer mais a fundo cada um dos seus elementos.

Ambiente interno

Forças

As forças estão relacionadas com os pontos fortes do negócio. Isto é, os atributos positivos que beneficiam a realização dos propósitos da empresa. Por exemplo: o reconhecimento nacional da marca, a qualidade do atendimento, o nível de capacitação e preparação do time de vendas, entre outros.

Portanto, são vantagens competitivas ou as aptidões do seu negócio. Também podem ser elementos internos que beneficiam a empresa ou estão sob seu controle. Desse modo, você pode decidir se os mantêm ou não.

Algumas perguntas que ajudam a definir as forças são:

  • Quais são as minhas vantagens competitivas?
  • Quais são os meus melhores produtos?
  • Quão felizes estão meus clientes?
  • Quão motivado está o meu time interno?
  • Quais são as qualidades da minha força de vendas?

Fraquezas

Os pontos fracos têm relação com os atributos negativos ou dificuldades que prejudicam ou podem prejudicar a execução das ações. Veja alguns exemplos de fraquezas dentro das organizações: falta de organização de processos internos, déficit de mão de obra especializada, gestão desqualificada, falta de tecnologia adequada, etc.

Dessa forma, é tudo aquilo que pode interferir negativamente no desenvolvimento da sua empresa ou indústria. Ou seja, o momento de identificar os “defeitos” do seu negócio. Assim que as fraquezas são examinadas, vai ser possível resolver os problemas que elas geram. Confira algumas perguntas para identificá-las:

  • Por que meus funcionários não entregam resultados?
  • Por que meus concorrentes costumam ser escolhidos em vez da minha empresa?
  • Por que os clientes não retornam ao negócio?

Ambiente externo

Oportunidades

As oportunidades têm ligação direta com o potencial de crescimento do negócio. Aliás, as oportunidades também indicam as perspectivas de avanço dentro do nicho. Exemplos: elevação do poder aquisitivo, queda de juros, lacunas encontradas nos produtos da concorrência, entre outros.

Portanto, são as forças externas que estão a favor da empresa. Não é possível controlá-las, mas você pode aproveitá-las. Sendo assim, para compreender quais são as suas oportunidades, você precisa se atentar a pesquisas e estudos de mercado.

Ameaças

As ameaças são as características que precisam ser trabalhadas e que põem em risco a continuidade e o crescimento da indústria. Nesse sentido, se encaixam as situações de crises econômicas, falsificação dos seus produtos, criação de novas leis de tributação, etc.

Desse modo, são aspectos externos e negativos para o seu negócio. Ou seja, situações que você não pode controlar, mas pode se preparar para contorná-las quando necessário.

Agora que você conhece mais a fundo todos os elementos de uma matriz SWOT ou FOFA, que tal praticar? Além disso, sugerimos este vídeo do SEBRAE para você consolidar seus conhecimentos.

Como montar a Análise SWOT da sua empresa?

Após compreender os conceitos, é hora de viver o que é análise SWOT na prática. Vamos conversar sobre algumas dicas para fazer a análise, incentivando o trabalho em grupo, para analisar a sua empresa ou indústria. Confira!

Após definir o objetivo e estudar a sua empresa, o primeiro passo é definir os pontos fracos e fortes. Nesse sentido, entenda todos os recursos e monte uma lista do que há de positivo dentro da indústria. Em seguida, verifique todos os recursos existentes para buscar os melhores resultados.

Da mesma forma que os pontos positivos precisam estar evidentes, os pontos negativos também devem ter um amplo detalhamento. Para isso, é necessário analisar os elementos que venham a ser danosos para o cumprimento dos objetivos.

Feito isso, é o momento de avaliar os elementos externos. Ou seja, os fatores que estão fora de controle, mas que devem ser acompanhados de perto. Esta análise vai desde a avaliação presencial no mercado, por exemplo: eventos, workshops e parcerias que acrescentam em matéria de experiência, até mediante tendências que agreguem valor à indústria.

Obs: a análise do mercado externo, ameaças e oportunidades merecem bastante atenção. Portanto, atente-se aos riscos, novos cenários, crises, perda de funcionários importantes, inovações que rompem os padrões no seu segmento de mercado, entre outras situações.

Após a realização da matriz SWOT ou FOFA

Ao final, você pode cruzar as respostas encontradas, de modo a criar o seu plano tático. Algumas combinações podem ser:

  • Quais forças podem ser potencializadas para maximizar as oportunidades?
  • Quais pontos fortes podem minimizar a interferência das ameaças?
  • Que pontos fracos podem ser corrigidos para aproveitar as oportunidades?

Depois de realizar a sua matriz, chega a hora de estabelecer planos de ação para tirar as ideias do papel. Por isso, confira as seguintes dicas!

Incentive o trabalho em grupo

Reúna-se com a sua equipe e discutam formas de melhorar a situação atual em conjunto. Dê atenção aos fatores externos, mas também aos internos que estão mais próximos do seu controle. Além disso, vocês podem descobrir que ferramentas tecnológicas de gestão podem melhorar os processos internos.

Crie metas realistas

Ao realizar o seu planejamento, trace metas reais e tangíveis. Afinal, metas não realistas podem frustrar a sua equipe e o restante da empresa.

Acompanhe os seus resultados

Ao colocarem os planos em prática, acompanhem os resultados. O monitoramento demonstra quão perto você está de alcançar os seus objetivos. Nesse sentido, contar com uma solução tecnológica de gestão empresarial com ferramentas orientadas à análise de dados vai fazer toda a diferença. 

Utilizar ferramentas como a matriz SWOT ou FOFA pode transformar o seu negócio. Para continuar aprendendo temas da área empresarial, continue lendo o blog da Viasoft Korp.

Aprenda aqui sobre como desenvolver uma cultura baseada em dados!

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
A Viasoft Korp nasceu na indústria em 1999 e se tornou o maior especialista em sistemas de gestão para o segmento industrial e de distribuição. Além do ERP, desenvolve diversas outras soluções com foco em lucro e produtividade.

ARTIGOS RELACIONADOS

Gestão logística: guia completo

04 de dezembro de 2023

Continuar lendo

Capacidade ociosa: entenda a importância para a gestão

30 de outubro de 2023

Continuar lendo