10 pontos a considerar na hora de contratar um ERP

PUBLICADO POR:

Viasoft Korp ERPViasoft Korp ERP

ATUALIZADO EM:

22 de Agosto de 2023

Há vários itens que devem ser considerados no momento de optar por um ERP, principalmente, para a indústria. O software influencia diretamente e indiretamente na gestão e nos resultados da organização. Então, antes da contratação, é necessário analisá-lo de maneira detalhada.

O ERP tem a função de automatizar e modernizar os processos dentro da indústria. Dessa forma, avalie as necessidades de cada setor, a fim de evitar possíveis divergências posteriores e eventuais gastos em customizações adicionais. 

Neste artigo vamos explicar para que serve o ERP e alguns pontos para a sua análise na hora de contratá-lo para a indústria. Continue a leitura!

O que é ERP?

ERP é uma sigla que vem do inglês e representa o termo Enterprise Resource Planning. Então, podemos traduzir como Planejamento de Recursos Empresariais. Dessa forma, trata-se de uma solução tecnológica que permite o gerenciamento estratégico e operacional de uma organização.

Ele serve para controlar, integrar e gerenciar informações, além de automatizar processos para a tomada de decisão. E aí entra a sua principal vantagem: tudo isso pode ser feito de um único lugar.

Portanto, o sistema oferece visibilidade sistêmica do negócio, proporcionando o acompanhamento de cada detalhe da organização em tempo real. Os gestores ganham mais controle nas rotinas organizacionais, podendo tomar decisões mais assertivas e fazer ajustes com mais agilidade.

Sendo assim, o ERP une diversas áreas, como:

  • vendas;
  • compras; 
  • planejamento de produção (MRP I e II); 
  • sequenciamento de produção (APS); 
  • engenharia; 
  • manutenção; 
  • qualidade, fiscal/contábil; 
  • logística da empresa.

O que considerar ao contratar um ERP para a indústria?

Em seguida, veja alguns pontos fundamentais para análise na hora de contratar um ERP para a indústria”

1 – Reais necessidades da empresa

Considere aqueles sistemas ERP que melhor se adequam às necessidades da sua indústria. Para isso, mapeie junto a equipe, todos os processos que serão impactados pelo software. É bem importante que isso seja feito de maneira minuciosa, pois os próximos passos ficam mais fáceis e têm menores chances de falhas e retrabalhos

2 – Definição de equipe

A escolha e implementação de um ERP é um processo bastante complexo, que apresenta muitas variáveis, tais como: prazo, custo, alinhamento entre os setores, etc. Por esse motivo, tenha um excelente planejamento, com todo o escopo e cronograma do projeto. Além disso, defina o grupo de colaboradores que será responsável pela gestão das etapas do processo, desde a escolha até a implementação do ERP.

3 – Conformidade do ERP aos processos

A equipe designada a optar e implementar o ERP na indústria deve entender que o sistema escolhido precisa adequar-se aos processos da indústria e não o contrário. Porém, no decorrer do projeto, o ERP pode ser personalizado para melhor se adaptar à fábrica. Nessa situação, é perceptível a importância de um mapeamento das necessidades setoriais bem-feito, e da verificação geral do sistema, a fim de realizar uma escolha assertiva.

4 – Flexibilização do ERP

Procure por um sistema que tenha flexibilidade para atender as demandas da empresa. Ou seja, além de oferecer os recursos básicos, também possibilita o acesso da plataforma por meio de computadores, tablets e celulares.

5 – Suporte técnico

O ERP é uma ferramenta que agiliza a execução de tarefas, otimiza os processos, integra setores, entre diversas outras funções. Mas, certamente, como todo sistema pode apresentar bugs. Por isso, busque informações sobre a qualidade de atendimento e o suporte técnico prestado pela empresa fornecedora do sistema. Além disso, considere aquelas empresas que disponibilizam alternativas de contato. Por exemplo: telefone, consultorias presenciais, etc.

6 – Conhecimento sobre o sistema

Enquanto avalia as opções de ERP no mercado, pesquise o máximo que puder sobre o tema. Afinal, é recomendável conhecer termos com os quais você não tem familiaridade, para entender as possibilidades que mais se adequam ao seu negócio.

Principalmente, porque existe uma infinidade de ferramentas. Algumas são mais robustas, outras mais simples. Também há aquelas mais caras e outras nem tanto, mas que exigem integrações, por exemplo.

Aprender sobre o que o software pode te oferecer ajuda muito a chegar a demonstrações e negociações com mais assertividade.

7 – Participação da área de TI

Há algum profissional de TI na empresa que pode contribuir para a tomada de decisão? Se sim, é importante contar com a expertise desse colaborador para confirmar se a solução está adequada ao seu negócio.

Sendo assim, ele pode entender se é viável realizar integrações via API, entender as dificuldades de implantação, entre outras questões que podem aparecer.

8 – Confidencialidade dos dados

Outro ponto de atenção é o sigilo e a confidencialidade dos dados. É necessário questionar o nível de segurança que a empresa vai te oferecer. Para isso, conte com o apoio da sua assistência jurídica para avaliar o contrato e as cláusulas sobre a segurança da informação. 

Logo, esta é uma questão simples de resolver. Basta garantir que isso seja incluído no contrato com o devido aprofundamento das informações.

Por exemplo, o Viasoft Korp ERP utiliza o Oracle Cloud, um sistema em nuvem que garante mais segurança contra hackers, desastres naturais, entre outros imprevistos.

7 – Custos de implantação do ERP

Ao adquirir a ferramenta, é importante também entender os custos e etapas da implantação. Dessa forma, além de um custo recorrente, você paga um valor pré-definido para que o fornecedor passe todas as diretrizes e adapte o sistema do jeito que o negócio precisa.

Sendo assim, você pode customizar a ferramenta para as reais necessidades do negócio para que a equipe não perca tempo durante a operação.

8 – Atualizações do sistema

Por fim, também busque entender o nível de inovação que a sua empresa espera com o sistema. Que ferramentas você precisa para as suas operações?

É importante contar com soluções alinhadas a tendências de mercado. Por exemplo, que permitem a integração com um CRM, ferramentas de business intelligence e outras funcionalidades que podem aumentar a sua produtividade.

Conheça o Viasoft Korp ERP

O Viasoft Korp ERP é um sistema com foco na indústria, garantindo todos os módulos e funcionalidades necessários para o aumento da produtividade industrial.

Com o software, é possível integrar todas as áreas da indústria, da produção ao backoffice, para automatizar tarefas e assegurar o melhor desempenho da equipe. Confira alguns módulos oferecidos por este sistema:

  • Produção Web;
  • Planejamento Avançado de Produção (APS);
  • Return Merchandise Authorization (RMA);
  • Financeiro;
  • Compras;
  • Vendas;
  • MRP I e II;
  • Sistema de gerenciamento de armazém (WMS),entre outros.

Conheça os módulos do Viasoft Korp ERP!

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
A Viasoft Korp nasceu na indústria em 1999 e se tornou o maior especialista em sistemas de gestão para o segmento industrial e de distribuição. Além do ERP, desenvolve diversas outras soluções com foco em lucro e produtividade.

ARTIGOS RELACIONADOS

EIP: tudo sobre Enterprise Intelligence Platform

03 de junho de 2024

Continuar lendo

Principais desafios do gestor industrial

23 de abril de 2024

Continuar lendo