Fundição: entenda esse processo da metalurgia

PUBLICADO POR:

Letícia GuimarãesLetícia Guimarães

PUBLICADO EM:

25 de dezembro de 2023

A fundição é uma técnica milenar que desempenhou um papel essencial na evolução da indústria, moldando o mundo ao nosso redor literal e figurativamente. Este processo, que remonta a milhares de anos, é fundamental para a fabricação de uma variedade de produtos, desde utensílios domésticos até componentes complexos de máquinas industriais. 

Neste artigo, exploraremos a fundição na indústria, destacando sua história, técnicas modernas, aplicações e desafios enfrentados pelos profissionais dessa área. Vamos lá?

Como surgiu a fundição?

A fundição é uma das técnicas mais antigas de transformação de metais. Seu uso remonta à Antiguidade, quando civilizações como os egípcios e mesopotâmicos começaram a fundir metais como cobre e bronze para criar ferramentas e ornamentos. Com o tempo, a técnica  evoluiu e se espalhou por diversas culturas, contribuindo para a produção de objetos que marcaram eras, como as estátuas de bronze da Grécia Antiga e as espadas de ferro forjado da Idade Média.

Como é o processo de fundição?

O processo evoluiu significativamente ao longo dos séculos, mas os princípios básicos permanecem os mesmos. Em termos gerais, a fundição envolve a fusão de um metal e a moldagem do líquido resultante em uma forma desejada. Dessa forma, os passos fundamentais incluem:

Preparação do molde

O primeiro passo envolve a criação do molde, que pode ser feito de areia, metal ou outros materiais. Sendo assim, o molde é projetado para dar forma ao metal fundido de acordo com as especificações do produto final.

Fusão do metal

O metal escolhido é então aquecido a uma temperatura elevada até atingir o estado líquido. Isso é feito em fornos específicos para cada tipo de metal.

Vazamento do metal

O metal líquido é despejado no molde preparado. Este é um momento crítico, pois a velocidade e a precisão do vazamento influenciam diretamente na qualidade do produto final.

Resfriamento e solidificação

Após o vazamento, o metal no molde é deixado para resfriar e solidificar. Esse processo pode ser controlado para influenciar propriedades físicas do material, como resistência e dureza.

Remoção do produto final

Após a solidificação, o produto final é retirado do molde. Dependendo da complexidade do objeto, podem ser necessários processos adicionais, como acabamento, usinagem ou tratamentos térmicos.

Quais são as técnicas modernas de fundição?

A evolução da tecnologia trouxe inovações significativas para o campo da fundição. Técnicas modernas incorporam avanços em materiais, automação e controle de processos. Portanto, entenda algumas abordagens!

Fundição por cera perdida

Esta técnica envolve a criação de modelos de cera, que são revestidos com material cerâmico. Sendo assim, a cera é então derretida, deixando uma cavidade na forma desejada, que é preenchida com metal fundido.

Fundição sob pressão

Utilizada para peças de alta precisão, a fundição sob pressão envolve a injeção de metal líquido sob alta pressão em moldes permanentes.

Fundição a vácuo

Neste método, o ar é removido do molde antes do vazamento do metal líquido, reduzindo a formação de bolhas e melhorando a qualidade da peça fundida.

Tecnologias 3D na fundição

A impressão 3D tem se tornado uma ferramenta poderosa na indústria de fundição. Desse modo, ela permite a criação de moldes complexos com precisão, economizando tempo e recursos.

Quais são as aplicações da fundição na indústria?

A fundição desempenha um papel fundamental em uma variedade de setores industriais, contribuindo para a fabricação de produtos essenciais. Algumas das principais aplicações incluem:

  • Indústria automotiva: componentes críticos de motores, transmissões e chassis são frequentemente produzidos por meio de processos de fundição.
  • Indústria aeroespacial: peças estruturais e componentes de motores de aeronaves, que exigem alta resistência e leveza, são frequentemente fabricados por meio de técnicas avançadas de fundição.
  • Indústria de construção: elementos estruturais, ferragens e componentes arquitetônicos são produzidos por fundição para atender às demandas da construção civil.
  • Indústria de energia: equipamentos para geração de energia, como turbinas eólicas e peças para centrais termelétricas, frequentemente passam por processos de fundição.
  • Indústria naval: componentes marítimos, como hélices e peças de navios, são fabricados utilizando métodos de fundição.

Que problemas podem estar associados à fundição industrial?

Embora a fundição seja uma técnica fundamental para a indústria, ela não está isenta de desafios e preocupações ambientais. Entenda alguns dos desafios!

Emissões de gases

Processos de fusão de metais podem resultar na emissão de gases prejudiciais ao meio ambiente. Estratégias para controle e redução de emissões são essenciais.

Gerenciamento de resíduos

A gestão adequada de resíduos sólidos e líquidos gerados durante o processo é uma preocupação ambiental significativa.

Consumo energético

A fundição requer altas temperaturas, resultando em um consumo significativo de energia. Portanto, a busca por métodos mais eficientes e sustentáveis é uma prioridade crescente.

Quais são as inovações na área de fundição industrial?

A busca por eficiência e sustentabilidade tem impulsionado a pesquisa e desenvolvimento na área. Algumas tendências e inovações para o futuro incluem o uso da tecnologia, por exemplo, no uso da inteligência artificial na gestão de processos. A implementação de sistemas avançados de controle de processos, com o auxílio da inteligência artificial, pode melhorar a precisão e eficiência da fundição.

Além disso, o uso de materiais avançados é uma inovação na área de fundição. O desenvolvimento de ligas metálicas mais leves e resistentes está em andamento, buscando otimizar as propriedades dos produtos fundidos.

Ademais, quanto ao impacto no meio ambiente, pesquisas estão focadas em encontrar formas mais sustentáveis de realizar os processos, reduzindo emissões, consumos energéticos e resíduos.

Conclusão

A fundição na indústria representa uma jornada fascinante pelas transformações metálicas que moldaram nosso mundo ao longo dos séculos. Desde suas origens antigas até as técnicas modernas, ela continua a ser uma peça-chave na fabricação de uma vasta gama de produtos essenciais. 

Enquanto enfrenta desafios ambientais, a indústria  está se adaptando e inovando para atender às demandas de um mundo em constante evolução.

Para continuar aprendendo sobre temas ligados à produção industrial e à tecnologia na indústria, leia o blog Korp:

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
Letícia Guimarães é professora, publicitária e mestre em Comunicação (UFPR).

ARTIGOS RELACIONADOS

Efeito chicote: o que é e seus impactos

27 de dezembro de 2023

Continuar lendo

Refugo: entenda o que é e a gestão na indústria

23 de dezembro de 2023

Continuar lendo