Evitar desperdícios na produção é uma pauta bastante discutida tanto nas indústrias quanto em outros segmentos de mercado. Realizar uma gestão de materiais adequada e estruturada gera rentabilidade, venda, empregos e soluções em diversas áreas.

Então, quando a produção industrial está com problema em relação ao planejamento e desperdícios, isso pode provocar várias consequências. Por exemplo: impactos no consumo, desemprego, escassez de produtos no mercado, entre outros.

O desperdício representa prejuízo, o que pode significar uma grande quantia de dinheiro e material perdidos. Por isso, o tema merece atenção e um cuidado especial. Veja alguns fatores que geram desperdícios nas indústrias: superprodução, grande quantidade de defeitos, estoque lotado, movimentação desnecessária de materiais, etc.

Confira a seguir, 5 dicas para evitar desperdícios na produção industrial:

1 – Realize o mapeamento da cadeia produtiva

Evitar desperdícios na fábrica é tão importante quanto implementar estratégias de venda. Sendo assim, os gestores precisam controlar e gerir o negócio periodicamente. A equipe deve unir informações e dados para conferir as fases que precisam de correções e arrumá-las de modo ágil.

As análises fazem parte do cuidado com os processos corporativos. Portanto, objetivando angariar o máximo de dados contidos nos setores empresariais, retirar relatórios atualizados e entender a real situação da capacidade produtiva, conte com um sistema ERP. O software além de permitir a integração de informações, possibilita a visualização de relatórios completos em tempo real, a comparação de períodos, entre outras vantagens.

2 – Diminua e elimine os defeitos

Materiais com defeitos causam mais custos, por conta de retrabalho. Afinal, os colaboradores e máquinas ficarão mais tempo produzindo, a fim de criar as unidades corretamente. Além disso, mais matérias-primas serão consumidas para formar o produto, sem falar naqueles materiais descartados por defeito.

Processos ineficientes, qualidade precária de materiais e a não qualificação de profissionais contribuem para os defeitos e desperdícios dentro das indústrias. Nesse sentido, planeje os processos operacionais para cada máquina, padronize algumas atividades e sempre busque a evolução dos procedimentos.

3 – Sem excessos para evitar desperdícios na produção

Ao produzir bem mais do que o necessário, há o desperdício de produtos acabados no estoque. Dependendo do item, é possível guardá-lo por um certo tempo, porém aqueles com um curto prazo de validade, precisarão ser descartados. Esses produtos criam custos de estocagem para a empresa, sem necessidade.

De modo geral, a superprodução ocorre pela falta de previsão nas vendas, ou ainda, por problemas no planejamento e controle da produção.

4 – Estoque enxuto

As compras excessivas, que vão além do potencial de produção ou venda, fazem com que mercadorias acumulem e formem um grande estoque, sem saídas.

Esse excesso ocasiona gastos às fábricas, espaços de armazenagem ocupados e há a necessidade de constantes inventários de estoque. Além disso, pode originar perdas de materiais.

5 – Elimine a movimentação desnecessária

A fim de evitar desperdícios na produção industrial, elimine a movimentação desnecessária no chão de fábrica. Isto é, as equipes precisam de um bom layout na empresa para uma produção eficiente.

Dessa maneira, diminui-se os deslocamentos entre estoques e o setor de produção. Além do mais, o layout adequado auxilia os veículos a movimentarem-se rapidamente dentro do armazém.

Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Então, envie-nos um recado. 🙂