Como o ERP ajuda na gestão de ativos da indústria?

PUBLICADO POR:

Viasoft Korp ERPViasoft Korp ERP

ATUALIZADO EM:

08 de Março de 2023

Contar com o ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial) é uma ótima alternativa para instituições que pretendem fazer a gestão de ativos de modo eficiente. Afinal, o sistema disponibiliza um conjunto de ferramentas para o controle e organização dos bens industriais.

Em um cenário de transformação digital, é essencial contar com tecnologias ágeis e assertivas para otimizar a gestão empresarial. Por isso, contar com um ERP vai melhorar o fluxo produtivo das equipes, sendo um requisito para indústrias que desejam obter sucesso.

Sendo assim, sua equipe pode usar o software para fazer o balanceamento de custos, analisar a performance planejada, identificar riscos, entre outras ações. Ou seja, o ERP viabiliza que a empresa tenha um planejamento eficaz de patrimônios e mais assertividade na gestão de ativos.

Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o uso do ERP na gestão de ativos. Vamos lá?

O que é ativo?

Conforme a norma ISO, o “ativo” é todo o bem sobre o qual uma empresa detém controle. Desse modo, podem ser tangíveis ou intangíveis. Tangível representa o item material, enquanto intangível se refere ao campo intelectual. Conheça alguns exemplos:

  • Conhecimento técnico;
  • Matéria-prima;
  • Máquinas; 
  • Contratos;
  • Equipamentos, entre outros.

Portanto, gerir ativos significa acompanhar os bens de uma indústria desde a aquisição até o descarte. Além disso, deve-se levar em conta detalhamentos e valores, que precisam bater com o sistema da empresa, garantindo os controles de entrada e saída.

Por que a gestão de ativos é importante para a indústria?

trabalhadores

Vale mencionar que a gestão de ativos ajuda na avaliação de retorno sobre investimentos. No decorrer do gerenciamento, os custos, oportunidades e riscos são avaliados, otimizando as tomadas de decisão por parte dos gestores. Veja alguns benefícios da gestão de ativos!

Otimização de processos financeiros

Com uma gestão de ativos bem feita, você pode analisar o uso dos seus equipamentos e máquinas. Há algum período do ano ou do dia em que eles ficam ociosos? Nesses casos, é possível avaliar a possibilidade de alugar seus bens para outros negócios nos períodos em que não são utilizados. Portanto, pode gerar lucros e garantir que os investimentos paguem a si mesmos.

Controle de estoque

A gestão de ativos também auxilia no controle de estoques. Ao fazer o gerenciamento, as informações são centralizadas, garantindo o acesso ágil para avaliar despesas desnecessárias e tomar decisões estratégicas. Por exemplo, se algum equipamento precisar ser substituído, o gestor pode imediatamente verificar o estoque pelo ERP e verificar se há outro disponível.

Manutenção de máquinas e equipamentos

Outra situação é a manutenção de equipamentos. Com a gestão de ativos por meio do ERP, o próprio sistema pode avisar as equipes quando algum item estiver próximo do seu prazo de validade. Assim, a gestão de ativos garante que os recursos estão sendo bem aproveitados.

Por que preocupar-se com a gestão de ativos?

Esse gerenciamento garante o uso adequado dos bens da empresa. Dessa forma, o time melhora a manutenção dos patrimônios, otimiza a programação das trocas de máquinas, organiza a compra de novos equipamentos, entre outras demandas.

Além disso, ao ter uma visão 360° dos ativos da indústria, é possível diminuir desperdícios. Por exemplo: reduzir o gasto com máquinas paradas pela falta de manutenção preventiva, aumentar a vida útil dos bens, reduzir os riscos de falhas no desempenho das máquinas e equipamentos, etc.

De que maneira o ERP ajuda a equipe com a gestão de ativos?

Além de ajudar com uma melhor qualidade e manutenção dos ativos físicos, esse gerenciamento realizado por meio do ERP possibilita:

  • Maiores chances de assertividade no orçamento corporativo;
  • Planejamento da manutenção preventiva;
  • Aumento da produtividade;
  • Controle de estoque.

Com a gestão de ativos feita com o apoio do ERP, a indústria consegue automatizar processos, obter informações em tempo real, integrar dados de diferentes departamentos, entre outras ações. Desse modo, tornando a gestão de bens mais efetiva e ágil.

Outro grande benefício de contar com o ERP é a integração de dados em um único lugar. Ou seja, a probabilidade de desencontro de informações é menor, há rapidez ao unir os dados, facilidade de acesso e na comunicação, entre outras melhorias.

Para começar a gestão de ativos no sistema, será necessário realizar um inventário completo na empresa para coletar os dados sobre os ativos da fábrica. Afinal, a plataforma precisa receber informações atualizadas e corretas para iniciar a automação e geração de relatórios e dashboards.

Além disso, tenha uma equipe qualificada tecnicamente e bem treinada para usar o ERP, investir no conhecimento dos colaboradores influencia diretamente nos resultados empresariais. Envolver os funcionários nos processos de mudança, não só motiva a equipe como também viabiliza uma implantação mais rápida e adequada.

Utilizando o ERP Korp para a gestão de ativos

Primeiramente, busque um ERP que atenda realmente às necessidades e demandas da indústria em que você trabalha. Veja aquelas opções do mercado que melhor se adequam à companhia. Em seguida, analise os prós e contras de cada uma, incluindo flexibilização e personalização do sistema, custos, suporte, entre outros requisitos.

Feito isso, marque uma conversa com os fornecedores potenciais. Nessa fase, não deixe de visualizar os módulos do Viasoft Korp ERP, um sistema especializado em processos industriais, que está no mercado há mais de 20 anos. Conheça o ERP no vídeo!

Vários módulos do ERP podem contribuir com a gestão de ativos e a produtividade da sua indústria, contribuindo para o gerenciamento eficiente dos seus recursos. Confira!

  • APS (Planejamento Avançado de Produção): otimize o sequenciamento da produção com algoritmos que calculam a melhor ordem possível.
  • MRP: planeje os insumos e recursos da sua produção de forma automatizada.
  • WMS (sistema de gerenciamento de armazém): gerencie múltiplos estoques e garanta o sucesso ao final da sua cadeia produtiva.
  • Inventário: controle o seu estoque com inteligência de dados.

Para saber mais sobre os módulos e possibilidades do Viasoft Korp ERP, entre em contato com um de nossos consultores!

Cadastre-se em nossa newsletter

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

COMPARTILHE

Publicado por:
A Viasoft Korp nasceu na indústria em 1999 e se tornou o maior especialista em sistemas de gestão para o segmento industrial e de distribuição. Além do ERP, desenvolve diversas outras soluções com foco em lucro e produtividade.

ARTIGOS RELACIONADOS

Balancete de Verificação: o que é, como fazer e para que serve

11 de junho de 2024

Continuar lendo

Risco Sacado: O Que é e Como Funciona

15 de maio de 2024

Continuar lendo